Escapadinhas

Escapadinha em Évora

Fomos passar um fim-de-semana em Évora. Um fim-de-semana a dois onde DESCANSO foi a palavra de ordem.

 

Faz tempo que queríamos passar um fim-de-semana de Relax a dois mas era algo que normalmente acabávamos por adiar.  Mas o tempo foi passando e com a pequena Ju já com 3 anos feitos e a adorar passar uns dias com a avó decidimos que estava mais que na hora de colocar em prática a nossa escapadinha para descanso.

Escolhemos Évora como destino porque era uma cidade que ambos conhecíamos mal mas onde sabíamos que se comia bem (o que é sempre uma óptima razão para ir a algum lado).

 

Fim-de-semana em Évora

Para programar o fim-de-semana houve algumas coisas a decidir: Onde Ficar alojado, Quais os restaurantes que queríamos experimentar e não menos importante o que queríamos fazer e visitar durante estes 2 dias.

Era um fim-de-semana para descanso por isso decidimos não ser ambiciosos com os planos e programar pouco ou nada e ainda bem que assim foi. Foi o ideal para podermos relaxar.

 

Onde ficar em Évora

A decisão pelo Hotel foi fácil. O Vitória Stone Hotel convidou-nos para passar duas noites e conhecer este Hotel de arquitectura arrojada onde o rústico e tradicional se funde com o moderno e sofisticado.

Um Hino ao Alentejo e aos produtos locais cheio de gente simpática e onde é possível “Viver o Alentejo tal como ele é!”

Os quartos são confortáveis e modernos e ideais para o tipo de fim-de-semana que estávamos à procura.

No Rooftop do Hotel está localizada uma piscina com uma vista espectacular sobre a Cidade de Évora. Uma pena ser uma piscina sazonal pois o frio de Janeiro fez-nos obviamente desistir do mergulho a que este sitio convida.

No penúltimo andar do Hotel está localizado o Avista Bar onde é possível degustar o óptimo pequeno-almoço com produtos regionais e opções Gluten Free. Também no Avista Bar é possível também degustar pequenas refeições ou ao final do dia desfrutar de um magnifico cocktail acompanhado com música ao vivo às sextas e sábados.

Também inserido no Hotel está o Almendra Spa onde decidimos fazer uma massagem terapêutica num ambiente acolhedor e de relaxamento total que completámos no final com 30 minutos de sauna, afinal o fim-de-semana era de relax lembram-se?!

Ainda no Hotel fica o famoso Restaurante “5 Amêndoas” que infelizmente não tivemos oportunidade de experimentar mas que ficou sem dúvida debaixo de olho para quando regressarmos a Évora.

Hotel Évora Hotel Évora Hotel Évora Hotel Évora

 

O que visitar?

Évora é uma cidade bonita, Património da Humanidade e o simples passeio pelas ruas pitorescas que ficam no centro da cidade, dentro das muralhas, já é por si só um passeio agradável e algo que quem vem a Évora tem mesmo de fazer.

Nós ficámos pelo mais básico.

Visitámos A Capela dos ossos, que ambos não visitávamos desde as Visitas de Estudo da Escola (Faz já uns 25 anos ou mais). Foi uma desilusão na verdade, primeiro porque achei o preço do bilhete exorbitante, 5€ para ver apenas a Capela dos Ossos parece-me demasiado caro e depois porque faltam já imensos ossos na Capela que eu imagino que tenham sido arrancados por visitantes pois agora temos apenas um pequeno corredor onde podemos estar por forma a não conseguirmos tocar em nada. Pergunto-me, que motivação tem alguém para roubar ossos humanos de uma capela para “recuerdo”? Enfim…

Fomos também ao Templo de Diana e à incontornável Praça do Giraldo. Caminhámos um pouco pelas ruas e optámos por não visitar mais nada.

Visitar Évora Visitar Évora Visitar Évora Visitar Évora Visitar Évora Visitar Évora Visitar Évora

Visitar Évora

Onde Comer

Não tenho muitos restaurantes para vos recomendar, na verdade só tenho um. E porquê? Passo a explicar…

Na sexta-feira à noite chegámos tarde e esfomeados, para não andarmos à procura de um Restaurante onde comer e porque precisava de comprar um cartão de memória para a minha câmara fotográfica, pois tinha deixado o meu em casa, decidimos ir até ao Évora Plaza, o Centro Comercial local. Comida de Centro comercial não é algo que eu goste de recomendar. Foi mais  na base do desenrrasca sem querer fugir muito ao saudável habitual.

Mas tenho sim um óptimo Restaurante para vos recomendar, fixem o nome “Taberna Típica Quarta-feira“.

Tinha pedido as vossas recomendações e entre todos os restaurantes que me recomendaram houve um que me chamou a atenção, o “Quarta-feira”. Li imensas criticas e percebi uma coisa: era imprescindível marcar mesa. Sem hesitar telefonei e do outro lado atendeu-me o Senhor João. Era terça-feira, pedi uma mesa para sábado ao jantar e a resposta foi imediata:

– “já não tenho nada menina!”

– “e ao almoço?” perguntei eu receosa de ter de mudar de planos.

– “É para quantos?”

– “para dois” respondi esperançosa…

– “Ahhhh… para dois arranjo! É a primeira vez?”

– É sim!

– “Então olhe menina, aqui não escolhe nada do que come! Não temos multibanco e a refeição para dois ronda os 50€ mais bebidas”

– “OK” respondi enquanto era despachada por uma voz atarefada de quem tinha mais do que fazer do que falar comigo ao telefone

 

E assim foi….

No sábado, depois de um farto pequeno-almoço de Hotel (aposto que não somos os únicos que abusamos nestes pequenos-almoços), demos uma voltinha pela cidade e à hora marcada lá estávamos nós à porta do nº18 da Rua do Inverno.

Infelizmente nesse dia não estava o Senhor João que me havia despachado ao telefone mas estava representado pela sua filha que fazia o papel de anfitriã.

A refeição começou e chegaram à mesa imensas entradas: Cogumelos salteados, Ervilhas com ovos escalfados, aros de cebola frita, queijo de ovelha derretido, torresmos, enchidos, gaspacho e compotas num verdadeiro festim para as papilas gustativas. Estava tudo óptimo e irrepreensível.

Chegou depois um belíssimo creme de legumes quente para nos aquecer a alma neste frio sábado de janeiro e já começávamos a sentir que estávamos bem e não precisávamos de comer mais mas faltava ainda o prato principal e as sobremesas.

Para prato principal um delicioso Cachaço no forno, numa carne que se desfazia na boca acompanhada por umas migas de esparregado, batatas fritas e abóbora assada no forno, uma delicia.

Para sobremesa um bolo de chocolate e uma sobremesa de doce de ovos deliciosa (já vos tinha dito que adoro doce de ovos?).

Acompanhámos a refeição com vinho  tinto, como se quer pelo Alentejo e dispensámos o café pois estávamos na fase do já não entra mais nada.

Foi uma excelente refeição mas para nós foi demasiada comida. Estava tudo bem confeccionado e muito saboroso mas ficámos tão cheios que dispensámos o jantar nesse dia e por isso acabámos por não conhecer mais nenhum restaurante em Évora.

De qualquer forma, fica a dica, se forem até Évora NÃO PERCAM mesmo uma Refeição no Famoso “Quarta-feira”!

Comer em Évora Comer em Évora Comer em Évora Comer em Évora

Beber um Copo e Sair à noite

Este tópico é outro onde vos gostava de dar dicas válidas mas não vai ser possível. 

Pensava eu que Évora sendo uma Cidade de estudantes tivesse alguns sítios para sair à noite mas fiquei com a sensação de que estava redondamente enganada. Provavelmente até terá alguma coisa mas nós não os conseguimos descobrir.

Após uma pesquisa na Internet na noite de sexta-feira fomos até ao “Porque Não?” para um copo de vinho. O local agradável rapidamente desiludiu por se fumar no seu interior. Acabámos por sair cedo e voltar ao Hotel para uma noite de sono merecido e com a roupa infestada com o cheiro a tabaco. Se não tiverem este síndrome anti-tabaco aproveitem pois o local é muito giro.

No sábado à noite caminhámos pelas Ruas em busca de um sitio para estar um pouco. Não encontrámos nada além de restaurantes. Ainda perguntei a algumas pessoas que me respondiam aos stories do Instagram a dizer “que saudades de quando estudava aí!” se conheciam algum sitio para beber um copo e todos me responderam que não. Acredito que exista alguma coisa por isso se me estão a ler e souberem o que sugerir digam-me nos comentários por favor.

 

Tudo o que é bom Acaba depressa

O domingo deixámos para as “despedidas” e após um bom pequeno-almoço decidimos agarrar no carro e seguir para casa com uma paragem em Montemor-o-novo para almoço.

Foi o nosso fim-de-semana de descanso e soube tão bem.

Se procuram dias de descanso e relax, escolham o Alentejo e passem um fim-de-semana em  Évora que vos permita viver esta calma Alentejana ou “Viver o Alentejo tal como ele é!”

Montemor-o-novo

 

Para outras sugestões de escapadinhas podem ver AQUI

 

Para não te esqueceres destas sugestões quando quiseres programar o teu fim-de-semana em Évora guarda estes pins no Pinterest.

Escapadinha em Évora Escapadinha em Évora Escapadinha em Évora

Deixe o seu comentário