Dicas Saudaveis

15 Dicas para ser mais sustentável na cozinha

Felizmente a preocupação com a sustentabilidade está cada vez mais na “moda”,Aqui por casa tenho feito um esforço para tornar tudo mais sustentável e por isso partilho com vocês estas 15 Dicas para ser mais sustentável na cozinha.

 

É difícil imaginar o  impacto que um simples jantar planeado para a família pode causar ao meio ambiente. Afinal, nós estamos mal acostumados a consumir alimentos congelados, a utilizar água, gás e energia sem nenhum controlo, além de produzir e deitar fora lixo muitas vezes sem reciclagem. Se repensarmos um pouco sobre esses e outros hábitos, podemos modificar algumas atitudes e passar a ter uma cozinha sustentável com mais saúde, sabor, consciência e até mais económica a nivel financeiro.

Entre os principais pilares de uma cozinha sustentável estão o uso de tecnologias que reduzam o consumo de água, gás e energia elétrica, o consumo consciente de alimentos e o cuidado com a preparação e aproveitamento dos mesmos. 

Veja então estas 15 dicas para economizar os recursos naturais e inspire-se para ajudar o planeta.

 

1. Deixe os alimentos descongelarem naturalmente

Não use o micro-ondas para o efeito pois é um gasto de electricidade desnecessário.

 

2. Desligue os aparelhos electricos das tomadas

Micro-ondas, forno, jarro electrico… esta atitude pode poupar até 5% na conta da luz

 

3. Compre produtos a granel

Ao compar alimentos a granel evita o consumo de embalagens desnecessárias que só agridem o meio ambiente.
Opte por reutilizar frascos e sacos de algodão para as suas compras.

4. Compre alimentos Biológicos ou Orgânicos e de produtores locais.

Estes produtos não utilizam agrotóxicos e outros agentes quimicos.
Prefira também produtores locais pois para além de colaborar para a economia da sua região evita também os poluentes que são emitidos com os transportes desses alimentos.

 

5. Não utilize produtos quimicos

Na limpeza da sua cozinha opte por produtos ecológicos e o mais natural possivel. Já ouviu falar de limpeza com Vinagre por exemplo?

 

6. Recicle

Esta é básica mas nunca é demais relembrar.
Faça a separação do papel, plástico, vidro e lixo orgânico.
Se tiver possibilidade e condições poderá usar o lixo organico para fazer compostagem num contentor de comportagem e criar a sua própria horta.

7. Atenção ao Frigorifico

O Frigorifico é um dos maiores responsáveis pelo consumo energético das casas. Mantenha-o limpo e nas temperaturas indicadas. O congelador não deverá estar abaixo dos -15ºC e
o frigorifico nao deverá estar abaixo dos -3ºC.
Evite ainda abrir o Frigorifico muitas vezes sem necessidade e durante muito tempo.

 

8. Minimize o gasto de papel absorvente e de guardanapos de papel

Utilize guardanapos de pano e sempre que possivel panos de microfibra para limpeza.

9. Deixe de usar pelicula aderente e papel vegetal

Para envolver os alimentos utilize os “panos” de cera de abelha ou então as tampas de silicone ajustável. O papel vegetal para cozinhar pode substituir por folhas antiaderentes reutilizáveis.

 

10. Minimize o uso de sacos de plástico

Podemos até utilizar sacos de plástico para o lixo (e não se esqueça que existem sacos biodegradáveis) mas não se esqueça de usar sacos reutilizáveis para ir às compras.Se quiser comprar um produto embalado prefira os produtos embalados em vidro.
Também para congelar e para guardar os alimentos no frio existem bolsas de silicone alimentar ou caixas conservadoras que diminuem os sacos utilizados e ainda
aumentam o tempo de vida util dos alimentos.

 

11. Prepare as suas próprias refeições e evite encomendar comida

O gasto de embalagens é enorme… Fazer marmitas também é uma optima opção e não se esqueça de levar os seus talheres.

 

12. Congele os alimentos e comida feita antes que eles se estraguem

Quando a fruta e os legumes estão à espera demasiado tempo para serem comidos é preferivel congelar e utilizar para smoothies, sopas ou outras receitas.
Também pode congelar comida pronta que não leve nas marmitas do dia seguinte.

 

13. Aproveite cada ingrediente ao máximo.

Pesquise receitas que usem cascas e folhas que normalmente descartaria para o lixo. Um caldo de legumes, uma sopa podem ser opções. 

(Veja por exemplo o que fazer com as folhas da Beterraba)

 

14. Faça uma ementa semanal

Programar as suas refeições ao milimetro ajuda na hora das compras e ajuda-o também a ser mais saudável.
Desta forma saberá exactamente o que comprar sem se arriscar a desperdiçar alimentos ou dinheiro comprando coisas que não necessitaria.

 

16. Cozinhe vários alimentos ao mesmo tempo.

Se vai ligar o forno para assar carne por ex. aproveite e cozinhe uns muffins para o lanche e legumes para o almoço do dia seguinte.

Deixe o seu comentário